Adesão e Empresarial

Regional/Nacional
Ambulatorial/Hospitalar
Com e Sem Coparticipação
RECEBA PREÇOS!

Adesão e Empresarial

Nacional/Internacional
Ambulatorial/Hospitalar
Sem Coparticipação
RECEBA PREÇOS!

Individual/Familiar e Empresarial

Nacional
+ de 200 Procedimentos
Ampla Rede de Atendimento
RECEBA PREÇOS!

Planos de Saúde Amil em Brasília DF

Os Planos de Saúde Amil são ofertados com cobertura de abrangência regional e nacional, com ou sem coparticipação e uma rede credenciada de alto padrão de qualidade.

O Plano de Saúde Amil em Brasília DF pode ser contratado na modalidade Adesão (por entidade de classe) e Empresarial atendendo a MEI, Pequenas, Médias e Grandes Empresas.

Além disso a Amil tem um diferencial por ser a única operadora da capital com rede própria de atendimento, garantindo um serviço de primeira linha para seus beneficiários.

Para saber qual o Plano de Saúde Amil adequado a sua necessidade, fale com um Consultor Autorizado On-line!

Dúvidas Frequentes sobre Planos de Saúde Amil

O que é um Plano de Saúde?

Contrato que garante de fato a cobertura de custos (gastos) com assistência médica, hospitalar e ambulatorial, a ser prestada pela Rede Assistencial, em conformidade com a lei 9.656/98.

Como posso contratar um Plano de Saúde Amil?

Certamente solicitando uma consultoria personalizada com nossos consultores Online
Eu Quero >>

O que o seu Plano de Saúde Amil deve cobrir?

Consultas, exames e tratamentos.

A ANS define uma lista de consultas, exames e tratamentos, denominada Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, visto que os planos de saúde são obrigados a oferecer, conforme cada tipo de plano de saúde – ambulatorial, hospitalar com ou sem obstetrícia, referência ou odontológico. Essa lista entretanto é válida para os planos contratados a partir de 02 de janeiro de 1999, os chamados planos novos. É válida igualmente para os planos contratados antes dessa data, mas somente para aqueles que foram similarmente adaptados à Lei dos Planos de Saúde. Antes de verificar se você tem direito a um procedimento, em primeiro lugar não deixe de checar qual o tipo de plano de saúde você tem.

 

Consultoria Online Gratuita Eu Quero >>

Plano Ambulatorial ou Plano Hospitalar ?

AMBULATORIAL OU HOSPITALAR

É muito importante avaliar principalmente as necessidades de quem vai utilizar os serviços para que não falte nada fundamental na hora que você de fato precisar e também para que o beneficiário não tenha de pagar por algo que certamente não vai usar. Necessidades a serem avaliadas: número de pessoas que farão parte do plano, idade,  tipo de acomodação, locais de atendimento e em seguida disponibilidade financeira.

Em suma o plano de saúde pode ser ambulatorial (para consultas, inclusive pré-natal, exames e cirurgias sem internação); hospitalar (internação); odontológico; ambulatorial + hospitalar, com ou sem serviços de odontologia e obstetrícia (pré-natal, parto e pós-parto) ou plano de referência.

Fale com um consultor e saiba mais sobre os tipos de planos. Clique Aqui

O que é um Plano de Saúde com Coparticipação?

Essa é de fato a modalidade de planos de saúde em que o usuário paga, além do valor mensal do plano, uma taxa a cada vez que passar por uma consulta ou fizer um exame, por exemplo.

COBERTURAS

Assim como no plano de saúde tradicional, a coparticipação oferece as mesmas coberturas. Só que enquanto no primeiro não é preciso pagar individualmente os procedimentos utilizados, no segundo, o consumidor certamente paga uma parte da despesa da operadora pelo atendimento prestado. Essa taxa varia de uma operadora para outra, e pode ser cobrada por meio de um valor fixo ou um percentual, o que é determinado decerto pelo próprio plano, conforme previsto em contrato. Por exemplo, uma consulta pode custar R$ 20 ou 20% do valor previsto na tabela da prestadora. De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a operadora todavia só está proibida de cobrar o valor integral do procedimento, pois assim estaria dificultando o acesso do consumidor ao plano de saúde.

INTERNAÇÃO

Entretanto, no caso da coparticipação em internação, os valores não podem ser fixados por meio de uma porcentagem, apenas em valores fixos. E devem ser cobrados pela internação assim como um todo, e não por procedimentos ou patologias. Ainda, segundo as normas da ANS, a coparticipação não pode prejudicar sobretudo a livre escolha do consumidor, por exemplo: fixar o copagamento somente para acesso a prestadores credenciados aos planos, e não para prestadores integrantes da rede própria da operadora. Os contratos com coparticipação são oferecidos não só nos planos empresariais (oferecidos pelo empregador), como também nos planos individuais/ familiares e coletivos por adesão, que são aqueles fornecidos por associação ou sindicato.

Nós da Corretora Camargos, preparamos tabelas diferenciadas com as opções dos dois tipos de produtos com e sem coparticipação, a fim de facilitar  a escolha deste importante beneficio, você decerto vai gostar do que iremos apresentar.

CLIQUE AQUI! e receba de fato a melhor solução em planos de saúde para você e sua família

O que é doença preexistente?

São aquelas lesões ou doenças existentes, que sejam do conhecimento do beneficiário anteriormente a contratação do plano de saúde.

O que é carência?

Carência é um período pré-determinado no início do contrato e decerto respaldado na legislação, durante o qual o consumidor não pode usar integralmente os serviços contratados junto ao plano de saúde.

Existe plano de saúde que não exija prazos de carências (tempo em meses de permanência para ter direito a certos procedimentos médicos)?

Não existe portanto plano de saúde de empresa privada que atenda de imediato todos os procedimentos médicos a partir da assinatura do contrato.

Precisa de um Plano de Saúde Amil para você, sua família ou empresa?

Ligue Agora e Fale com um Consultor On-line!

Veja mais assuntos e notícias sobre Planos de Saúde